Projetos de quarentena de Maia e Toffoli querem impedir Moro candidato, dizem analistas

Ao menos três projetos de lei discutem a criação de quarentena para juízes e promotores que queiram disputar eleições, tese defendida pelo presidente dias Toffoli (STF) e da Câmara dos deputados Rodrigo Maia.

Advogados que analisaram as propostas a pedido do Estadão se dividem sobre a possibilidade de que, caso seja aprovada, a regra impeça o ex-ministro Sérgio Moro de ser candidato à Presidência.

Embora negue interesse, o ex-juiz da Lava Jato é apontado como um dos possíveis nomes para 2022.

Embora Toffoli e Maia tenham defendido  que juízes e promotores devam cumprir quarentena de oito anos, deputados governistas ouvidos pelo Estadão se posicionaram contra a aprovação de quarentena para magistrados e promotores

O líder da Frente Parlamentar da Segurança Pública, deputado Capitão Augusto (PL-SP), afirmou que vai orientar a bancada da bala, composta por cerca de 300 congressistas, a se posicionar contra a proposta que amplia quarentena. Para ele, o texto é uma “aberração”. 

 

Fontes: Camila Turtelli, Julia Lindner e Tulio Kruse, O Estado de S.Paulo

Compartilhe: