E-mails de Marcelo Odebrecht confirmam propinas ao Instituo Lula

As quatro doações da Odebrecht  ao Instituto lula entraram na mira da Lava Jato após e-mail enviado pelo empresário e hoje delator Marcelo Odebrecht informar que os repasses seriam quitados do Setor de Operações Estruturadas, responsável pelo pagamento de propinas da empreiteira.

Uma das comunicações trocadas dentro do departamento de propina entre Marcelo Odebrecht e Alexandrino Alencar, diretor do setor, detalha que R$ 4 milhões seriam retirados da conta ‘amigo’, mas feitos de forma ‘oficial’, como doações.

“Vai sair de um saldo que amigo de meu pai (Lula) ainda tem comigo de 14 (coordenar com HS no que tange ao Credito) mas com MP no que tange ao discurso pois será formal”, concluiu Marcelo Odebrecht.

O e-mail de Marcelo foi enviado no dia 26 de novembro de 2013 – três semanas depois, em 16 de dezembro de 2013, a primeira doação foi feita ao Instituto Lula.

Os pagamentos continuaram em 31 de janeiro de 2014 e nos dias 05 e 31 de março do mesmo ano.

A peça foi enviada na última sexta, 11, ao juiz Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, que decidirá se aceita ou não a denúncia.

 

foto: Conexão Política

Compartilhe: