Acabou a moleza para os réus da Lava Jato, diz assessor de Cármen

A ministra Cármen Lúcia assume o lugar de Dias Toffoli na Segunda Turma do STF.

Advogados de acusados ou mesmo condenados que têm casos em análise na Segunda Turma  já não escondem mais a preocupação com a mudança na composição do colegiado a partir de agora.

Acabou a moleza para os réus da Lava Jato.

Um assessor da ministra disse para a Folha de S. Paulo:

“Quem saiu, saiu. Quem não saiu, não sai mais”.

A avaliação é que a substituição mudará o perfil “garantista” da Segunda Turma, que tem concedido habeas corpus para vários políticos investigados na Operação Lava Jato, como o ex-ministro José Dirceu.

fonte: O Antagonista

Compartilhe: