Agora, é Renan Calheiros que tenta afastar Dallagnol da Lava Jato

Na esteira do desgaste provocado pelo episódio dos hackers e dos ataques à Lava Jato, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) acrescentou mais um pedido ao processo que move contra Deltan Dallagnol: o de afastamento do procurador do MPF.

Em março, Renan protocolou a reclamação disciplinar alegando que o coordenador da Lava Jato, após ter tentado intervir na sua reeleição, influenciou na disputa pela presidência do Senado.

Renan recorreu ao Conselho Nacional do Ministério Público, que analisará o pedido na terça-feira.

Para o senador, Dallagnol funciona como “ativista do cotidiano político”.

Renan é investigado no inquérito-mãe da Lava Jato, que apura a formação de uma quadrilha para fraudar a Petrobrás.

Ele também é alvo de outras investigações no Supremo Tribunal Federal.

fonte: Coluna do Estadão

Compartilhe: