Alckmin e PSDB decidem em Brasília eventual apoio a Bolsonaro

Em Brasília, o presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, começou a conversar com tucanos para discutir não só o que fazer com o PSDB, mas em especial com o governador eleito por São Paulo, João Doria.

O ex-presidenciável convocou uma reunião da Executiva do partido para 22 de novembro, quando a sigla decidirá se vai apoiar ou não o governo de Jair Bolsonaro.

Aliados do tucano defendem postura de oposição, mas com apoio às reformas importantes ao País.

Por outro lado, Doria, que se movimenta para assumir o PSDB, quer caminhar com o novo governo.

Um dia antes da reunião da Executiva do PSDB, o senador Tasso Jereissati deve ser anunciado como possível candidato ao comando do Senado pelo bloco Rede, PDT, PSB, PPS.

Esse grupo tem 14 senadores. Com os oito do PSDB, soma 25% dos votos.

 

fonte:  Coluna do Estadão

Compartilhe: