Apoio a fechar Congresso e STF avança entre a direita

O apoio ao fechamento do Congresso Nacional e à dissolução do STF  pelo presidente da República em caso de “dificuldades” no país avançou entre a parcela da população que declara ser de direita, segundo mostra a pesquisa de opinião Barômetro das Américas (Lapop).

Coordenado pela universidade americana Vanderbilt, o levantamento foi realizado em toda a América.

A etapa brasileira foi realizada em parceria com o Cepesp/FGV (Centro de Economia e Política do Setor Público da Fundação Getulio Vargas) ao longo de janeiro e fevereiro, com 1.498 entrevistados em 107 cidades das cinco regiões.

 Pela primeira vez desde 2012, segundo o Lapop, a direita é o maior grupo político na população brasileira: 39%, o maior patamar da série histórica iniciada em 2006. A esquerda ficou com 28%, caindo de 39% em 2017. Eleitores de centro ou que não responderam somaram 33%

O apoio à dissolução do Supremo pelo presidente “quando o país está enfrentando dificuldades” foi a medida ilegal cujo apoio mais avançou, ao longo do tempo, entre os eleitores de direita.

A maioria da população é contra dissolver o Supremo (62%) –mas o patamar de apoio é o maior da história da pesquisa (38%, contra 14% em 2008).

Também cresceu entre a direita o apoio ao fechamento do Congresso pelo presidente “quando o país está enfrentando dificuldades”. Em 2006, primeiro ano da série histórica para este tema, 17% dos direitistas concordavam com a afirmação. Agora, são 30%.

 

fonte: Uol

Foto Orlando Brito

Compartilhe: