Bolsonaro cogita irmã de Ayrton Senna no Ministério da Educação

O nome preferido do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para o Ministério da Educação é o da psicóloga Viviane Senna, irmã do falecido campeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna.

Se ela topar, será anunciada ministra.

Viviane visitou o presidente eleito em 19 de outubro a convite dele, para “conversar sobre educação”.

Ela negou ter sido convidada, mas é exatamente quem ele gostaria de nomear ao cargo.

Viviane desenvolve um trabalho de apoio a educação, do qual o presidente é admirador, que já capacitou mais de 60 mil professores.

Ela preside o Instituto Ayrton Senna, que faz parcerias com governos para apoiar escolas.

A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

foto: Roberto Setton

Compartilhe: