Bolsonaro diz que estudantes são usados como “massa de manobra”

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que as manifestações que estão ocorrendo no Brasil contra cortes nos recursos para a educação são feitas por “idiotas úteis”, classificados pelo presidente como “militantes” e “massa de manobra”.

As declarações foram dadas nesta quarta-feira (15) nos Estados Unidos.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Bolsonaro disse que os alunos que estão nas ruas “não sabem nem a fórmula da água” e servem de instrumento político para “uma minoria espertalhona que compõe o núcleo das universidades federais”.

“É natural [que haja protesto], mas a maioria ali é militante. Se você perguntar a fórmula da água, não sabe, não sabe nada. São uns idiotas úteis que estão sendo usados como massa de manobra de uma minoria espertalhona que compõe o núcleo das universidades federais no Brasil“, afirmou o presidente na porta do hotel onde está hospedado em Dallas.

 

Compartilhe: