Decisão no STF: “Futuro da Lava Jato está em jogo”, diz delegado da PF

O Supremo Tribunal Federal (STF) decide hoje, dia 7 de dezembro,  o julgamento de uma ação da Procuradoria Geral da República (PGR) cujo objetivo é proibir a Polícia Federal de negociar acordos de delação premiada.

“O que está em jogo na decisão do STF  não é o instituto da colaboração premiada, mas sim o futuro da própria investigação criminal”, afirma o delegado da Polícia Federal Márcio Anselmo, que iniciou as investigações da ruidosa Operação Lava Jato em Curitiba, em 2013.

Considerado o principal delegado da Lava Jato, Anselmo pediu para sair da força-tarefa em Curitiba em 2016.

“A colaboração premiada consiste em técnica especial de investigação, principal meio de obtenção de prova contra o crime organizado e importante mecanismo de combate à corrupção. Esse instrumento  ganhou enorme notoriedade em virtude da Lava-Jato, tendo sido peça chave no aprofundamento das investigações que já se encontravam em patamar avançado”, afirmou o delegado,

Compartilhe: