Fórum traz representantes da ONU e de três países para Campo Grande. Inscrições abertas

Autoridades da área de segurança pública do Paraguai, Portugal, da ONU (Organização das Nações Unidades) e dos governos federal e estadual estarão reunidos no próximo dia 22, na Capital, no Fórum Permanente de Segurança na Fronteira.

O evento, organizado pela Comissão de Segurança Pública da OAB/MS e Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), tem o apoio do Governo do Estado.

O Fórum é uma iniciativa da sociedade civil organizada que tem a finalidade de contribuir na elaboração de propostas para a segurança pública na fronteira com a visão de ação de Estado e não de governo.

As discussões serão voltadas principalmente às áreas de tecnologia, inteligência e desenvolvimento, importantes no combate à criminalidade.

Durante o evento estarão sendo apresentadas experiências de outros países e estados brasileiros.

O inspetor Carlos Matos Moreira, do Serviço de Estrangeiros e Fronteira de Portugal, vai falar sobre a experiência e resultados obtidos com o sistema de segurança e controle de fronteiras da União Europeia.

O ministro da Secretaria Antidrogas do Paraguai, Arnaldo Giussio, abordará o tema “Cooperação Internacional na Fronteira”.

A experiência do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública, implantado no Ceará para atender a região Nordeste, será tratado pelo diretor de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas, Marco Aurélio Pereira de Moura, e pelo coordenador do Centro Integrado de Inteligência e Segurança Pública – Regional Nordeste, Lucas Gonçalves Santa Rita.

Já o consultor da ONU, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, dará palestra sobre o assunto “Fronteira do Futuro: Estratégias, metas e ações institucionais”.

O Fórum Permanente de Segurança na Fronteira será realizado no auditório da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), a partir das 7h30 do dia 22 deste mês.

Para fazer a inscrição, acesse aqui.

fonte:Paulo Yafusso –(Subcom)

Fotos: Arquivo

Compartilhe: