Futuro ministro diz que não haverá espaço para quem não for ficha limpa

O futuro ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, afirmou que no governo Bolsonaro não haverá espaço para quem não tiver ficha limpa.

A declaração foi feita na sede do governo de transição, em Brasília, em resposta a questionamentos sobre a situação do indicado ao Ministério do Meio Ambiente, Ricardo Salles que foi condenado em primeira instância sobre improbidade administrativa.

“O que eu posso dizer é que nas diretrizes básicas do governo não haverá espaço para quem não for ficha limpa. Não acho que seja o caso do futuro ministro Ricardo Salles. Isso vai ser apreciado oportunamente”, afirmou Bebianno.

O futuro ministro disse também que na primeira reunião minsterial realizada depois que Bolsonaro anunciou os nomes de sua equipe, foram repassadas as metas do plano de governo, que é “colocar o cidadão em primeiro lugar”.

“A máquina pública existe em função do cidadão. Houve ali apresentação muito breve por parte de cada ministro com as principais diretrizes para cada pasta”, comentou.

 

fontes: Luisa Marini e Larissa Lima, especiais para O Estado, O Estado de S.Paulo

Compartilhe: