Governo de Mato Grosso do Sul já prepara Plano de Demissão Voluntária

O secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Roberto Hashioka, recebeu representantes dos servidores para discutir a restituição da jornada normal de trabalho (8 horas/dia) e o Plano de Desligamento Voluntário (PDV).

Neste primeiro momento, o Governo do Estado recebeu 18 sindicatos que apresentaram as particularidades de cada categoria – . Outros 17 serão recebidos na terça-feira (12.3), ao longo de todo dia.

Os sindicalistas também foram informados sobre o PDV, antes do Governo encaminhar o projeto para a Assembleia Legislativa.

Hashioka disse que essas medidas seguem a linha administrativa adotada desde o primeiro mandato do governador Reinaldo Azambuja, de manter as finanças equilibradas e assim pagar o salário dos servidores em dia e manter os investimentos em setores essenciais, para assegurar melhor qualidade de vida à população.

Seis estados brasileiros decretaram situação de calamidade porque gastam mais do que arrecadam.

 

Compartilhe: