Indústria vai investir R$ 6 milhões na produção de látex em Mato Grosso do Sul

O secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção ) e o secretário Felipe Mattos Ribeiro, da Sefaz (Secretaria de Fazenda), assinaram  o Termo de Concessão de Incentivos Fiscais que viabiliza a implantação da primeira indústria de borracha em Mato Grosso do Sul.

O diretor da ASK Trading Indústria, Comércio, Importação e Exportação Ltda, Ricardo Machado Fontenla, disse que a decisão de investir em Mato Grosso do Sul se deve à plantação de seringais já em fase de produção existente e ao potencial do Estado para essa cultura.

Fontenla elogiou a receptividade que a empresa teve em Mato Grosso do Sul e destacou o atendimento ágil e hábil dos técnicos da Semagro na solução dos entraves para viabilizar a assinatura do termo de acordo que garante a vinda da indústria.

A ASK Trading compromete-se a investir R$ 6 milhões na implantação de uma indústria para processamento de látex em Aparecida do Taboado, região Leste do Estado, e deve gerar cerca de 300 empregos diretos e indiretos.

O projeto tem três fases, vai desde a produção de borracha granulada usada na fabricação de pneus até o composto de borracha, que é um produto mais refinado e de larga utilidade.

Até que a planta seja concluída a ASK Trading vai comprar o látex dos produtores de Mato Grosso do Sul e processar em sua unidade na cidade de Mirassol, em São Paulo.

O Brasil só produz 40% do que consome, sendo obrigado a recorrer ao mercado internacional para suprir a demanda, e tem na China o maior fornecedor.

Compartilhe: