Moro dá dez dias para Mantega para falar da conta na Suíça

O juiz federal Sérgio Moro mandou intimar  Guido Mantega  (2006-2015/Governos Lula e Dilma) para esclarecer sobre uma conta sua na Suíça, revelada pela própria defesa do ex-ministro da Fazenda , em 2017.

O magistrado  deu prazo de 10 dias a Mantega.

“Intime-se Guido Mantega, na pessoa de seus defensores, para esclarecer se já obteve a documentação relativa à conta no exterior e do negócio que teria originado o aludido crédito, promovendo a sua juntada”, ordenou Moro.

Em maio do ano passado, a defesa relatou ao juiz que o ex-ministro abria mão ‘de todo e qualquer sigilo bancário, financeiro e fiscal, inclusive de conta estrangeira aberta’.

Segundo os advogados, a conta foi aberta antes de Mantega assumir o cargo de ministro da Fazenda e ‘recebeu um único depósito no valor de US$ 600 mil como parte de pagamento pela venda de imóvel herdado de seu pai’.

Compartilhe: