Petrobrás suspende contrato com escritório de presidente da OAB

 O advogado Felipe Santa Cruz atual presidente da  OAB disse ter sido comunicado nesta terça-feira, 6, pela Petrobrás, de que a empresa decidiu romper um contrato que seu escritório de advocacia mantinha com a petrolífera estatal.

Santa Cruz classificou a iniciativa como “perseguição política” e informou que vai ingressar com uma ação de reparação de danos contra a Petrobrás.

A quebra do contrato ocorre oito dias depois que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) iniciou ofensiva contra Santa Cruz.

Em 29 de julho, o presidente criticou a OAB por sua atuação no inquérito envolvendo Adélio Bispo de Oliveira, que esfaqueou o então candidato do PSL em Juiz de Fora (MG) durante a campanha eleitoral.

 

Compartilhe: