PF investiga “alguém precisa matar o Sérgio Moro”

A Polícia Federal, no Paraná, investiga ameaças ao juiz federal Sérgio Moro após ele não acatar a ordem de soltura de Lula no domingo.

Uma série de publicações em rede social hostilizam e buscam intimidar o magistrado.

O juiz federal Marcelo Bretas, da Lava Jato no Rio, reuniu algumas dessas ameaças e publicou em seu Twitter.

Todos os perfis compilados por Bretas falam sobre ‘matar o Moro’. “Não é possível q o PT não tenha um assassino de aluguel pra matar o Sérgio Moro”, afirma um deles.

“Alguém precisa matar o Sérgio Moro”, diz outro.

As investigações da PF correm em sigilo, em procedimento já aberto anteriormente.

Há dez anos, quando condenou o traficante carioca Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, o magistrado também viveu sob proteção de agentes federais e policiais civis.

Sua escolta hoje é formada por agentes de segurança judiciária da Justiça Federal do Paraná e da Polícia Federal.

Compartilhe: