PF suspende investigações após decisão de Toffoli

A Polícia Federal  suspendeu todas as investigações em andamento que utilizem dados financeiros e bancários compartilhados sem autorização judicial.

Os delegados foram comunicados nesta quinta-feira, 18, por meio de ofício assinado pelo corregedor-geral substituto da PF, Bráulio Cézar da Silva Galloni.

Os inquéritos que tiverem dados do COAF e Banco Central serão devolvidos para a Justiça.

Estado apurou que a decisão atinge centenas de casos.

A orientação foi dada após o presidente do STF ministro Dias Toffoli, suspender inquériots e ações penais que tiveram dados fiscais e bancários compartilhados sem autorização da Justiça.

Os inquéritos que serão paralisados pela PF ainda não são conhecidos. Mas, na Justiça, advogados já se movimentam para pedir a interrupção de processos.

fonte:Breno Pires / BRASÍLIA, O Estado

Compartilhe: