Prisão em segunda instância tem apoio de 80 % dos juízes, diz AMB

A prisão após condenação em segunda instância tem o apoio de 80% dos juízes do país.

O tema –que está no pacote anticrime do ministro Sérgio Moro— foi alvo de pesquisa realizada pela Associação dos Magistrados Brasileiros.

A entidade ouviu 4.000 membros da classe, entre os quais ministros de tribunais superiores e do próprio Supremo.

Na primeira instância, a adesão ao “plea bargains” –sistema que prevê redução da pena em caso de confissão de culpa– chega a 89%.

O raio-x da classe está no estudo “Quem somos. A magistratura que queremos”, coordenado pelo ministro do STJ Luis Felipe Salomão e pela vice-presidente institucional da AMB, Renata Gil. A pesquisa completa será divulgada nesta segunda (11).

fonte: Painel Folha

 

Compartilhe: