Sérgio Moro pode retomar planos para campanha de 2022

Quando se tornou sócio-diretor da consultoria americana Alvarez & Marsal, Sergio Moro distanciou-se da disputa presidencial de 2022.

Decorridos dois meses e meio, ele é aconselhado por amigos a retomar o projeto político.

Embora não admita a candidatura diante dos refletores, Moro soa em privado como se não descartasse categoricamente a hipótese de concorrer ao Planalto.

A candidatura presidencial de Moro seria uma espécie de imperativo de autodefesa.

Moro revela-se incomodado com o que chama de “criminalização” da Lava Jato. 

A julgar pelas pesquisas, o eventual retorno do ex-juiz ao jogo  teria potencial para, no mínimo, embaralhar a polarização tão desejada por Lula e Bolsonaro.

 

fonte: Baseado em artigo de Josias de Souza, UOL

Compartilhe: