Indústrias de MS abrem 1.270 novos postos de emprego em abril

Com a abertura de 1.270 postos formais de trabalho em Mato Grosso do Sul só em abril e de 4.010 vagas de emprego no acumulado de janeiro a abril, o setor industrial do Estado foi responsável por 20% do total de vagas abertas no período indicado.

O dado consta no levantamento do Radar FIEMS, elaborado com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego. 

As atividades industriais que mais abriram vagas no mês de abril foram fabricação de álcool (+554), construção (+397), fabricação de celulose (+155), fabricação de brinquedos e jogos recreativos (+134), fabricação de conservas de peixes (+59) e abate de suínos (+57). Já as atividades que mais abriram vagas no acumulado de janeiro a abril foram construção (+1.531), fabricação de álcool (+784), fabricação de celulose (+617), fabricação de açúcar (+466), fabricação de brinquedos e jogos recreativos (+306) e confecção de peças do vestuário (+165).

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou abril de 2021 com o total de 137.341 trabalhadores empregados, indicando, até aqui, um aumento de 3% em relação ao fechamento do ano anterior, quando o contingente ficou em 133.331 funcionários. “Por fim, a atividade industrial responde por 24,9% de todo o emprego com carteira assinada (CLT) existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás apenas do segmento de serviços, que emprega 205.744 trabalhadores e tem participação equivalente a 37,3%, e do comércio, com 137.994 empregados ou 25%”.

Municípios que mais empregaram no setor industrial

Em relação aos municípios, constata-se que em 59 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a abril de 2021, proporcionando a abertura de 5.273 vagas. Entre as cidades com saldo positivo de pelo menos 150 vagas, destacam-se Aparecida do Taboado (+957), Campo Grande (+822), Três Lagoas (+614), Rio Brilhante (+437), Água Clara (+186), Nova Alvorada do Sul (+185) e Naviraí (+181).

As atividades que mais contribuíram nos municípios indicados foram construção (+1.029), fabricação de álcool (+599), fabricação de celulose (+519), fabricação de açúcar (+387),fabricação de brinquedos e jogos recreativos (+306) e abate de aves (+106).

Compartilhe: