Mato Grosso do Sul pede à Anvisa uso emergencial da Sputnik V

Os estados que fazem parte do Consórcio Brasil Central, que reúne Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Tocantins e Rondônia, além do Distrito Federal, pediram  à Anvisa a aprovação para uso emergencial da vacina Sputnik V.

Na sexta-feira, a agência autorizou a importação do imunizante contra o novo coronavírus produzido pelo Instituto Gamaleya para os estados que fazem parte do Consórcio Nordeste.

A autorização dada pela agência para importação da Sputnik V foi feita mediante uma série de limitações, tais como: importação somente de vacinas das fábricas inspecionadas pela Anvisa na Rússia, obrigação de análise lote a lote que comprove ausência de vírus replicantes e outras características de qualidade notificação de eventos adversos graves em até 24 horas.

Compartilhe: