OAB vai enviar ações contra Bolsonaro a tribunais internacionais após fim de CPI

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) pretende esperar o final da CPI da Covid para encaminhar ações contra o presidente Jair Bolsonaro a tribunais internacionais, entre eles o de Haia, segundo informações do jornal Folha de S.Paulo.

Uma comissão de advogados da OAB afirmou que o objetivo é recolher evidências da CPI no Senado para fortalecer a acusação de que Bolsonaro cometeu crimes.

De acordo com o jornal, integrantes da CPI veem a estratégia da OAB como uma forma de desgastar o governo no exterior.

Compartilhe: