Governo federal vai lançar mais um canal de TV com ênfase na Educação

O governo federal pretende lançar nas próximas semanas mais um canal de TV.

A estimativa inicial é que ele possa custar entre R$ 50 milhões e R$ 100 milhões anuais.

A verba sairá do MEC (Ministério da Educação).

O projeto está sendo feito  pela EBC (Empresa Brasil de Comunicação), hoje responsável pela TV Brasil 1 e 2 (antiga NBR), além de rádios e sites como a Agência Brasil. Quem está cuidando do projeto desse novo canal é mais um militar: coronel Romy Pinto, diretor-geral da EBC.

O novo canal é mais um passo no “projeto” governamental do chamado “homeschooling”, ou educação em casa. Alguns canais, como a TV Cultura, já fizeram testes com a subdivisão do sinal. TVs comerciais também têm feito isso em algumas regiões do país.

O novo canal do governo (ainda não tem um nome definido), mas a ideia é que seja dedicado à educação e principalmente às “teleaulas”.

 

foto: AM Atual

Compartilhe: