‘Bolsonaro mostrou desprendimento pessoal’ ao divulgar nota, diz FIESP

 

O presidente Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Paulo Skaf, elogiou em entrevista à Rádio Eldorado a atitude do presidente Jair Bolsonaro de publicar uma nota na qual amenizou o tom adotado nos discursos do 7 de Setembro em relação ao STF.

“A palavra recuo fica parecendo uma crítica. Quando se quer paz, não pode haver vencido e vencedores. A posição do presidente Bolsonaro foi de dar um novo tom. Ele demonstrou desprendimento pessoal. A atitude dele só merece elogios”.

Aliado do presidente Bolsonaro, Skaf tem evitado manifestações públicas e atua nos bastidores como um interlocutor entre o empresariado e o Palácio do Planalto.

Ao ser questionado sobre o impacto das atitudes de Bolsonaro na economia, o dirigente minimizou. “Ou gente aceita essa retratação, ou vamos voltar na confusão”.

Compartilhe: