Crise na Esquerda: Ciro acusa Lula de fazer acordo para assaltar de novo o Brasil

A discussão pública entre Ciro Gomes, possível candidato à presidência em 2022, e políticos petistas continua.

Ciro direcionou ofensas ao ex-presidente Lula, outro cotado como candidato na eleição do próximo ano.

O ex-governador cearense  questionou as alianças com políticos acusados de corrupção, dizendo que iriam “assaltar de novo” o Brasil.

“Sem zuada, gritaria ou fuga pseudo-engraçada, pode explicar ao povo brasileiro o acordo com Renan [Calheiros], Eunicio [Oliveira], [Romero] Jucá, Geddel [Vieira Lima], Eduardo Cunha e Sergio Cabral para assaltar de novo o Brasil?”, disse Ciro no Twitter.

Compartilhe: