Moro diz que Petrobras foi saqueada e defende Lava Jato

O ex-ministro da Justiça e pré-candidato à Presidência da República em 2022, Sérgio Moro, disse nesta quinta-feira que não guarda rancor do ex-presidente Lula e que não houve uma “cruzada pessoal” contra Lula durante a Operação Lava Jato.

Em entrevista ao site O Antagonista, o ex-juiz defendeu o papel da Lava Jato no combate à corrupção, sua principal agenda de campanha.

“A gente tem que restabelecer a verdade”, disse Moro. “O que houve foram investigações que revelaram que a Petrobras foi saqueada. Ou vamos dizer aqui que a Petrobras não foi roubada como nunca antes na história desse país?”

 

 

fonte: Levy Teles, O Estado de S.Paulo

Compartilhe: