“Decisão me entristece”, diz Moro, sobre prescrição do caso triplex de Lula

O pré-candidato à presidência pelo Podemos Sergio Moro (foto) lamentou a decisão do MPF de não reabrir o caso do triplex de Lula.

“Essa decisão me entristece porque a gente vê um sistema de justiça que não decide o mérito. A justiça que não dá respostas para as pessoas”, disse Moro.

A procuradora Márcia Brandão Zollinger afirmou que como Lula já tem 76 anos, o reinício do processo em Brasília demanda constatação objetiva de que a pena aplicada a ele já estaria prescrita.

O ex-juiz reafirmou que agiu sempre dentro da lei, e que nunca teve nada pessoal contra o petista. “Em Curitiba tudo foi feito dentro da lei e não prejudicou ninguém”, disse.

Compartilhe: