Com empresários, Moro defende reformas ‘sem volta ao passado’

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, defendeu em Curitiba um conjunto de reformas no estado brasileiro “sem continuidade e volta ao passado”.

Moro disse ainda que o país precisa de “propostas realistas”, conciliando “responsabilidade fiscal com responsabilidade social”.

O ex-juiz participou de uma reunião na ACP (Associação Comercial do Paraná) proposta pelo empresário Wilson Picler, membro do Conselho Serro Azul.

Anticorrupção

Sérgio Moro disse que o país não pode mais suportar a lentidão dos governos no encaminhamento das reformas.

“Desta forma, cada governo procrastinando e transferindo para o seguinte, o Brasil não sairá da estagnação. É preciso mexer no complexo sistema de impostos para facilitar a vida do cidadão e dos empreendedores. Hoje a empresa tem que dispor de um exército de contadores para entender o sistema tributário. Está na hora de acabar com o jeitinho e resolver de fato este problema que vem travando o crescimento do Brasil”.

Compartilhe: