Pesquisas começam ajustes e ex-presidiário cai mais um pouco

Em 2022 as pesquisas eleitorais começam a passar prelo crivo rigoroso do Supremo Tribunal Eleitoral (TSE).

Por este motivo elas começam a se adequar á realidade e se obrigam ir ajustando os números estapafúrdios anteriores que davam vitoria ao ex-presidiário Lula ainda em 1º turno.

Pesquisa eleitoral do Instituto Ideia, contratada pela revista Exame  mostra que o ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chega a 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 24% do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Lula cai em relação a outra pesquisa, da Genial, que lhe dava vantagem de 45 a 23 contra Bolsonaro.

 Na sequência está o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro (Podemos), com 11%, seguido do ex-governador Ciro Gomes (PDT), com 7%, e do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 4%.

A pesquisa Exame/Ideia ouviu 1.500 pessoas entre os dias 9 e 13 de janeiro.

As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares.

Compartilhe: