Moro diz que ‘grande erro’ do STF influenciou ONU sobre julgamento de Lula

O ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro se manifestou sobre o relatório do Comitê de Direitos Humanos da ONU que considerou a condenação do ex-presidente Lula (PT) como injusta.

Moro disse que o relatório da ONU foi influenciado por um “grande erro judiciário” do STF, que anulou as sentenças e considerou o magistrado parcial.

 “Conidero a decisão do STF um grande erro judiciário e que infelizmente influenciou indevidamente o Comitê da ONU”, disse Moro.

“De todo modo, nem mesmo o Comitê nega a corrupção na Petrobras ou afirma a inocência de Lula. Vale destacar que a condenação do ex-presidente Lula foi referendada por três instâncias do Judiciário e passou pelo crivo de nove magistrados”, continuou Moro.

Em julho de 2017, quando ainda era juiz, Moro condenou Lula a 9 anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex.

Compartilhe: