Caso Marielli: Esquerda deve pedido de desculpas a Bolsonaro

Políticos da oposição e apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) comentaram a prisão realizada pela Polícia Federal  de 3 suspeitos de matar a vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) e seu motorista.

Em suas manifestações, os políticos lembraram que, por muito tempo, associou-se o ex-chefe do Executivo e integrantes de sua família ao crime pelo fato de o assassino de Marielle, Ronnie Lessa, morar no mesmo condomínio que Bolsonaro.

O líder da Oposição na Câmara, deputado Carlos Jordy (PL-RJ), declarou ter se incomodado com a ausência de pedido de desculpas a Bolsonaro por parte da esquerda, citando “acusações levianas e criminosas”.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e filho do ex-presidente afirmou que as associações de Bolsonaro ao caso eram perigosas e falsas, o que poderia incentivar linchamentos virtuais e físicos.

 

Veja mais notícias em: www.mspontocom.com.br

Nosso twitter: @mspontocom

 

Compartilhe: